segunda-feira, 7 de abril de 2014

O FIM ESTÁ PROXIMO, AS PORTAS!!!!!!!!!!!!!!!!

Depois de 2.000 anos, judeus podem voltar a sacrifícar um cordeiro no Monte do Templo

Jewish men from the Temple Institute attend a Passover Sacrifice, but not on the Temple Mount, at least not yet.
Dois judeus pediram polícia de Jerusalém, em nome de dezenas de outros a permissão para realizar o mitzvah do sacrifício da Páscoa no Monte do Templo este ano, pela primeira vez em cerca de 2.000 anos.

Os peticionários alegam que a autorização da polícia é o único obstáculo para subir ao Monte do Templo, orando e oferecendo o sacrifício de um cordeiro, como ordenado na Torá.

Eles disseram que 100 judeus estará presente e trará consigo um altar sacrificial portáteis e outros equipamentos, como descrito na Torá.

O rabino Menachem Boorstein, que está envolvido com os estudos do Santo Templos, disse que o mitzvah da oferta de sacrifício da Páscoa pode ser realizada sem violar a lei judaica. O Rabinato Chefe proíbe judeus de subir ao Monte do Templo, enquanto um número crescente de rabinos religiosas nacionais permitem que, em determinadas condições e em determinados lugares.

Mesmo a idéia de perguntar público permissão para oferecer o sacrifício, vamos ao longo do ato em si. pode ser suficiente para desencadear árabes para travar uma guerra total.

Cada vez que um judeus se atreve a murmurar uma oração no Monte do Templo, funcionários muçulmanos ea polícia arrastá-los imediatamente afastado.

Centenas de estudantes yeshiva subiu ao Monte do Templo na terça-feira, o primeiro dia do mês hebraico de Nissan e duas semanas antes da Páscoa, para ouvir uma palestra sobre o local sagrado e na Páscoa.

Muçulmanos supostamente entraram em confronto com a multidão e bater em um dos judeus, mas não houve confirmação oficial da alegação de que não houve provocação além da presença real de judeus, o que por si só é suficiente para enviar os árabes em um frenesi.

Abaixo está um vídeo dos momentos tranquilos a cantou de judeus gozavam no Monte do Templo.

Leia mais: http://www.libertar.in/2014/04/depois-de-2000-anos-judeus-podem-voltar.html#ixzz2yFAcXbkn

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

OPERAÇÃO DO ERRO SE APROXIMA?????



Uma “chamada” muito estranha feita num momento muito estranho.

Antes de mais nada, para que você dimensione a importância do que lerá abaixo, é preciso dizer que Farrakhan é a pessoa mais influente dentro de todo os Islã nos EUA. Se você não o conhece, é bom dar uma olhada rápida em um resumo da biografia dele.

Pois bem, na parte final de um de seus famosos sermões com titulo: "Tempo e que deve ser feito:" O ministro Louis Farrakhan = líder principal do movimento religioso da Nação do Islã – afro americana (NOI) - pediu ao presidente Barack Obama que abrisse a “Área 51" para o mundo, um local (ponto de apoio) conhecido pela lenda de proteger e ocultar aliens e suas transações com os governantes no planeta Terra,um escritório base análogo a sede da CentralMIB – homens de preto.

Para você entender e ligar os pontos saiba que em 24 de fevereiro de 2008, num discurso "Dias Salvadores" o ministro Farrakhan chamou Obama "de o Messias". Entendeu bem o que isso significa?

Farrakhan apela em seu ultimo Broadcast de fevereiro:
"Presidente Barack Obama,chame os cientistas. Abra a Área 51 com os cientistas para o mundo, porque você é o líder da América que Allah Deus ressuscitou e fez-lhe poderoso fazendo-se conhecido através de você"

O líder da Nação do Islã disse que chamar os "cientistas" para o local seria "mostrar-lhes o sinal da presença de Deus para corrigir os erros da terra e curá-la." – o objetivo de abrir o segredo ao mundo colocaria o “governo sombra” em perigo se exposto, segundo o Ministro de deus.

O líder islâmico acredita que esta força governamental secreta escondeu a presença de OVNIs dos presidentes norte-americanos e do público por décadas. (Os que estão despertos já sabem o que são realmente estes seres da lenda alienígena)

Isto inclui a NAVE Mãe, uma nave espacial enorme que ele acredita que continua em órbita e, eventualmente,resgatará os adeptos da Nação Islã da terra.

Farrakhan disse que este "governo sombra" levaria à destruição da América, se a verdade continuara ser contida ao passo que através da abertura da “Área 51”, ou seja - a abertura do ícone sobre a realidade do controle Alien sobre a humanidade - poderia evitar o “caos” iminente (?)

Juntou os caquinhos?
“deus + aliens + abertura sobre o assunto + caos iminente+ messias + salvador negro + nave de resgate”...

Ah! ainda tem a melhor parte!

"Acreditamos que as nossas palavras que temos compartilhado com a presença da NAVE mãe poderia ajudar o presidente e a América a evitar a “”advertência de Deus do castigo e destruição”” se a América não se curvar”

Se curvar perante quem? Um homem? Obama? Um E.T.? Se curvar a quem? Querem nos tornar escravos de quem?

COMENTÁRIO: 

Acredito ser a aparição dos tais extraterrestres a operação do erro de 2ª Tessalonicensses 2.11

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

BOICOTE AOS JUDEUS!!!

Pouco tempo atrás, o Irã e o líder supremo, aiatolá Ruhollah Khomeini, pediram ao mundo muçulmano para boicotar tudo e qualquer coisa que tenha origem judaica.

Em resposta, Meyer M. Treinkman, um farmacêutico ofereceu-se para ajudá-los em seu boicote da seguinte forma:

"Qualquer muçulmano que tenha sífilis não deve ser curado pelo teste de Wasserman que foi descoberto por um judeu, Dr. Ehrlich. Muçulmanos que tenham gonorreia, não deveriam procurar o diagnóstico, porque estariam usando o método de um judeu chamado Neissner. 

Um muçulmano que tenha uma doença cardíaca não deve usar Digitalis, descoberta por um judeu, Ludwig Traube. Se ele sofrer com uma dor de dente, não deve usar novocaína, uma descoberta dos judeus, Widal e Weil. Se um muçulmano tiver diabetes, não deve usar insulina, o resultado da pesquisa por Minkowsky, um judeu.

Se alguém tem uma dor de cabeça, deve evitar Pyramidon e Antypyrin, devido aos judeus Spiro e Ellege. Muçulmanos com convulsões devem permanecer nesse estado, já que foi um judeu, Oscar Leibreich, que propôs o uso de hidrato de cloral. Árabes devem fazer o mesmo com seus males psíquicos, porque Freud, pai da psicanálise, era judeu.

Se uma criança muçulmana pegar difteria, ela deve abster-se de "Schick", reação inventada por Bella Schick. Os muçulmanos devem estar prontos para morrer em grande número e não devem permitir o tratamento da orelha e danos cerebrais, trabalho do judeu ganhador do Prêmio Nobel, Robert Baram.

Morrer ou ficar aleijado por paralisia Infantil, são as opções, já que o boicote atinge o uso de vacinas anti-polio, descoberta por um judeu, Jonas Salk.

Os muçulmanos devem se recusar a usar estreptomicina e continuar a morrer de tuberculose, porque um judeu, Zalman Waxman, inventou a droga milagrosa contra essa doença mortal. 

Médicos muçulmanos devem descartar todas as descobertas e melhorias do dermatologista Judas Sehn Bento, ou do especialista em pulmão, Frawnkel, e de muitos outros cientistas judeus e especialistas médicos de renome mundial.

Muçulmanos apropriadamente devem permanecer aflitos com sífilis, gonorreia, doença de coração, dores de cabeça, tifo, diabetes, transtornos mentais, convulsões poliomielite e tuberculose e terem orgulho em obedecer ao boicote islâmico.

Ah, e por falar nisso, não chame um médico em seu telefone celular porque ele foi inventado em Israel por um engenheiro judeu."

A população global judia é de aproximadamente 14 milhões, cerca de 0,02% da população do mundo. Eles receberam centenas de Prêmios Nobel:

Os judeus não promovem lavagem cerebral em crianças em campos de treino militar, ensinando-os a fazerem-se explodir e causar mortes de judeus e outros não-muçulmanos. Os judeus não sequestram aviões, nem matam atletas nos Jogos Olímpicos, ou se explodem em restaurantes alemães. Não há um único judeu que tenha destruído uma igreja. Não possuem líderes que pedem Jihad e morte a todos os infiéis.

Talvez os muçulmanos do mundo devam considerar investir mais em educação e parem de culpar os judeus por todos os seus problemas. Devem se perguntar "o que podemos fazer para o bem da humanidade".

Quando o Comandante Supremo das Forças Aliadas, General Dwight Eisenhower, encontrou as vítimas dos campos de extermínio ele ordenou que registrassem tudo, todas as fotografias possíveis fossem tiradas, e que os alemães das cidades vizinhas fossem guiados através dos campos e enterrassem os mortos.

Ele fez isso declarando: "Tenham tudo documentado". Obtenham os filmes, as testemunhas, pois em algum momento ao longo da história algum bastardo se erguerá e dirá que isto nunca aconteceu. 
   
Recentemente, no Reino Unido há debates para retirar o Holocausto dos currículos escolares porque “ofende” a população muçulmana, que afirma que ele nunca ocorreu. Ele ainda não foi removido. No entanto, este é um presságio assustador sobre o medo que está atingindo o mundo, e o quão facilmente cada país está dando para ele. E agora, após a Segunda Guerra Mundial na Europa terminada, há mais de 65 anos, o Irã, entre outros, sustenta que o Holocausto é um mito. Torna-se imperativo para nós assegurarmos que o mundo nunca esqueça.

Quantos anos vão passar para que alguns afirmem que o ataque ao World Trade Center "nunca aconteceu"?

COMENTÁRIO: 

OS JUDEUS SÃO E SEMPRE SERÃO O POVO ESCOLHIDO POR DEUS, SEPARADO COMO NAÇÃO SANTA. NÃO INTERESSA O QUE DIGAM CONTRA A NAÇÃO DE ISRAEL, SE O ENDURECIMENTO POR PARTE DE DEUS VEIO A NAÇÃO DE ISRAEL É PORQUE DEUS ASSIM O QUIS.




sábado, 1 de fevereiro de 2014

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O ANIVERSARIANTE FALTOU À FESTA!!!!!!!!!!

        

COMENTÁRIO: 

SIMPLESMENTE PERFEITO O COMENTÁRIO DA JORNALISTA....

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

DEUS EXISTE!!!!!!!!!!!!!!!!!

Cientista encontra prova definitiva de que Deus existe

Um dos cientistas mais conceituados da atualidade encontrou prova da atuação de uma força ‘que rege tudo’

29/11/2013 | Categoria: Destaques, Noticias
Deus existe e cientista prova isso
O físico teórico Michio Kaku afirma ter criado uma teoria que pode apontar a existência de Deus. A informação criou alvoroço no meio científico, pois Michio Kaku é considerado um dos cientistas mais importantes da atualidade, um dos criadores desenvolvedores da revolucionária Teoria das Cordas, e é extremamente respeitado em todo o mundo.
Para chegar às suas conclusões, o físico fez uso de um “semi-raio primitivo de táquions” (que são partículas teóricas, capazes de “desgrudar” do Universo a matéria ou vácuo que entrar em contato com ela, assim, deixando qualquer coisa livre das influências do universo à sua volta), tecnologia criada recentemente, em 2005. Embora a tecnologia para chegar às verdadeiras partículas de táquions ainda esteja muito longe de ser alcançada, o semi-raio tem algumas poucas propriedades dessas partículas teóricas, que são capazes de criar o efeito dos verdadeiros táquions, em escala subatômica.
Segundo Michio, nós vivemos em uma “Matrix”: ”Cheguei à conclusão que estamos em um mundo feito por regras criadas por uma inteligência, não muito diferente do seu jogo preferido de computador, claro, impensavelmente mais complexa. Analisando o comportamento da matéria em escala subatômica, a parte afetada pelo semi-raio primitivo de táquions, um minúsculo ponto do espaço, pela primeira vez na história, totalmente livre de qualquer influência do universo, matéria, força ou lei, percebi de maneira inédita o caos absoluto. Acredite, tudo que nós chamávamos de casualidade até hoje, não fará mais sentido. Para mim está claro que estamos em um plano regido por regras criadas, e não moldadas pelo acaso universal”, comentou o cientista.

domingo, 1 de dezembro de 2013

SINAIS NO CÉU????!!!!!!

AS TETRADS DE 2014 E 2015, OS JUDEUS E ISRAEL

"Aparecerão sinais no sol, na lua e nas estrelas..." (Lucas 21:25)

Este é um assunto potencialmente polémico, contudo deveras interessante e merecedor da reflexão e análise da parte de todos aqueles que levam a sério as profecias bíblicas relacionadas com Israel como nação, e os judeus como povo eleito de Deus. 
Várias pessoas amigas me pediram para que eu postasse o estudo sobre este assunto, ao que alegremente acedo, pedindo no entanto que o mesmo seja lido e estudado, não em forma de dogma ou afirmação de um absoluto bíblico, mas simplesmente como algo de incontestável interesse e fundamento histórico, que deverá servir unicamente para meditação, reflexão e, mais do que qualquer outra coisa, preparação para os tempos atribulados que velozmente se aproximam deste mundo. 
Estas análises serão assim mais um "sinal" de alerta, uma orientação para todos quantos anseiam pela vinda do Reino e do Messias Jesus!

OS ASTROS COMO SINAIS
Desde o início da Criação que o Livro das Origens (Génesis) nos
informa que Deus, o Criador, colocou as estrelas e os astros nos céus como "sinais" - Génesis 1:14.
"Disse Deus: haja luminares na expansão dos céus...e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos."
Neste sentido, "sinais" podem servir como pontos de orientação, mas também como "alertas" indicadores de eventos significativos. 

TRÊS GRANDES EVENTOS ANUNCIADOS NOS CÉUS
Os maiores eventos da humanidade são aqueles em que Deus Se manifesta de forma visível, para que todos testemunhem do Seu poder e amor.
Assim foi no anúncio da incarnação do Messias - o Filho de Deus - em Belém da Judeia. Os magos que vieram da Babilónia para adorar o Messias encetaram essa longa e arriscada viagem porque tinham visto o "sinal" nos céus: "...porque vimos a Sua estrela no oriente, e viemos a adorá-l'O...vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria." (Mateus 2:2 e 10).
O segundo grande evento assinalado nos céus, foi a própria morte do Filho de Deus no madeiro. Diz o relato bíblico que durante 3 horas houve um grande eclipse que provocou escuridão no local: "Desde o meio dia até às três horas da tarde, toda a Terra esteve envolta em escuridão." (Mateus 27:45). Clara descrição de um eclipse.
O terceiro grande evento, ainda num futuro que esperamos seja próximo, acontecerá logo antes da vinda gloriosa do Messias, o Filho de Deus ressurrecto: "O sol escurecerá, a lua não mais brilhará, as estrelas
LUA VERMELHA SOBRE JERUSALÉM
cairão do céu, e os poderes celestes serão abalados. Então o sinal do Filho do Homem aparecerá no céu..."
(Mateus 24:30, 31).


Há então uma base bíblica para prestarmos atenção a estes sinais cósmicos? Claro que sim! A incarnação, a morte expiatória do Messias, e a Sua vinda gloriosa para reinar na terra são a prova disso. Ora é nessa base que a nossa atenção foi despertada pelos estudos de alguns homens de Deus, e que nós próprios também pesquisamos  e desenvolvemos com muita atenção e cuidado, na expectativa de algo de transcendente que poderá em breve vir a acontecer, e para o que queremos estar preparados e avisados, não descurando também a partilha desta informação a todos quantos se interessam, se preparam e aguardam ansiosamente a vinda do Rei, o Messias Jesus!
Falemos então das "tetrads"...
O QUE SÃO ENTÃO AS TETRADS?
Uma tetrad é a ocorrência de quatro eclipses totais consecutivos da lua (definição da NASA).
Sempre que há uma coincidência - muito rara - das chamadas "luas vermelhas" (tetrads) com o período das Festas de Israel, dão-se acontecimentos dramáticos com o povo e a nação de Israel . A História tem comprovado que essas coincidências de luas vermelhas com as festas judaicas trazem desgraça para Israel e para o povo judeu, mas consequentemente uma grande vitória. Podemos então adiantar que as tetrads são sinais indicadores para Israel? Claro que sim!

Alguns exemplos:
Desde o ano 1 d.C. são conhecidas 7 tetrads que ocorrem no início da celebração da Festa bíblica da Páscoa e da Festa dos Tabernáculos. Os anos em que ocorreram estas tetrads são:

162-163
795-796
842-843
860-861
1493-1494
1949-1950
1967-1968

AS 3 TETRADS ASSOCIADAS A CONHECIDOS EVENTOS IMPORTANTES PARA O POVO JUDEU:
1492 - tetrads - expulsão dos judeus de Espanha.

1949-50 - tetrads - Dois eclipses lunares totais, sendo o primeiro na Festa da Páscoa (13 de Abril) e o segundo no dia da Festa dos Tabernáculos (7 de Outubro de 1950) em pleno início do estado moderno de Israel e durante a Guerra da Independência, que se estendeu por um ano. Em 1950, o primeiro eclipse deu-se no dia 2 de Abril, em plena Festa da Páscoa, e o segundo ocorreu em 26 de Setembro, na Festa dos Tabernáculos.

1967 - tetrads - Primeiro eclipse deu-se no primeiro dia da Festa da Pascoa (24 de Abril) , o segundo eclipse ocorreu no primeiro dia da Festa dos Tabernáculos (18 de Outubro de 1967) após a Guerra dos Seis Dias e consequente vitória de Israel e reconquista de Jerusalém. Em 1968, o primeiro eclipse da lua deu-se no dia 13 de Abril, na Páscoa, e o segundo ocorreu a 6 de Outubro, na Festa dos Tabernáculos.

AS TETRADS DE 2014 E 2015
A grande preocupação dos pesquisadores bíblicos e não só tem a ver com a estranha coincidência de 4 tetrads em 2014 e 2015 exactamente no início das festas judaicas da Páscoa e dos Tabernáculos!
Nas palavras do reconhecido pastor John Hagee, "isto é algo para além de coincidência."
Estes próximos 4 eclipses da lua serão raríssimos, uma vez que entre os séculos 22 e 25 não se dará mais nenhum destes eventos astronómicos! Portanto, durante os próximos 500 anos não se assistirá a mais nenhum destes fenómenos...

Mas, para além dos 4 eclipses da lua coincidindo com o início das Festas judaicas, teremos também 2 eclipses totais do sol no início do ano judaico (o bíblico e o religioso)!

ECLIPSE TOTAL DO SOL EM 2014 - 20 de Março, que é o primeiro dia do antigo calendário bíblico (1º dia do mês de Abib, ou Nisan)

PRIMEIRA TETRAD DE 2014 - 1º ECLIPSE TOTAL DA LUA - 15 de Abril de 2014, que será o primeiro dia da Festa da Páscoa judaica.

SEGUNDA TETRAD DE 2014 - 2º ECLIPSE TOTAL DA LUA - 8 de Outubro, que será o primeiro dia da celebração da Festa judaica dos Tabernáculos.

PRIMEIRA TETRAD DE 2015 - 1º ECLIPSE TOTAL DA LUA - 4 de Abril, que será o primeiro dia da celebração da Páscoa judaica.

ECLIPSE TOTAL DO SOL EM 2015 - 13 de Setembro, que será o primeiro dia do novo ano judaico.

SEGUNDA TETRAD DE 2015 - 2º ECLIPSE TOTAL DA LUA - 28 de Setembro, que será o primeiro dia da celebração da Festa dos Tabernáculos.
Segundo os gráficos da agência espacial norte-americana NASA, só este eclipse total da lua é que poderá ser visto em Israel. Mas será um dos mais longos eclipses alguma vez observados. Iniciar-se-à logo depois da meia-noite do dia 28 de Setembro e durará até às 04H48 (hora de Israel).

Quatro eclipses lunares totais a ter lugar exactamente nos primeiros dias das Festas bíblicas da Páscoa e dos Tabernáculos, em dois anos seguidos, é algo de espantoso - certamente muito mais do que uma mera coincidência!
Mas se juntarmos a isso os dois dias em que irão ocorrer 2 eclipses totais do sol nos dias exactos em que se inicia o calendário judaico (20 de Março de 2014 = 1º dia do mês de Nisan, 2 semanas antes da Páscoa, e em 13 de Setembro de 2015 = 1º dia do Novo Ano judaico, 1º do mês de Tishri) podemos perceber que algo poderá estar para acontecer, e que Deus mais uma vez está a revelar isso aos entendidos através de "sinais no firmamento"! "Nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão" (Daniel 12:10).

RECONQUISTA DE JERUSALÉM
Este fenómeno aconteceu pela última vez em 1949, ano seguinte à implantação do moderno estado de Israel, em cumprimento da profecia de Ezequiel 37, e em 1967/8, ano em que Israel reconquistou a Cidade de Jerusalém, cumprindo a profecia do Messias em Lucas 21:24!

Apesar do cepticismo de alguns "teólogos" que grassam por aí, a verdade é que o profeta Daniel, referindo-se a estes "tempos do fim", foi bem explícito: "...nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão." - Daniel 12:10.

ECLIPSE TOTAL DO SOL EM MARÇO DE 2014 E SETEMBRO DE 2015, COINCIDINDO TAMBÉM COM AS FESTAS NO CALENDÁRIO JUDAICO 
Não só as 4 tetrads em 2014 e 2015 causam inquietação, como também um eclipse total do sol em Março de 2015, a meio das 4 luas vermelhas deve querer indicar algo de muito significativo, especialmente para o povo de Israel.

Sem querermos especular, devemos no entanto lembrar que a vinda do Messias Jesus dar-se-à após um eclipse total do sol, provocando a vermelhidão na lua.

Sendo assim, poderemos antever que estas próximas tetrads anunciam algo de inicialmente mau para Israel e seu povo, seguindo-se uma retumbante vitória ? Talvez...só Deus sabe, mas atendendo ao facto de Deus ter colocado os astros no firmamento como "sinais", e pela comprovação histórica, podemos prever que algo de importante e preocupante possa vir a acontecer a Israel. E as condições escaldantes da região alimentam ainda mais esses receios...

ISRAEL: UM "SINAL" PARA AS NAÇÕES
A Bíblia afirma que Israel foi escolhido por Deus para ser uma "luz" para as nações. Luz significa revelação, orientação e entendimento. A própria existência e sobrevivência do povo de Israel é o grande "sinal" de Deus, à volta do qual gira toda a História mundial. A bênção e a maldição das nações e dos povos - e até a nível individual - tem a ver com a forma como se trata Israel e o povo judeu - Génesis 12:3.

A "coincidência" destes sinais astronómicos vistos nos céus com grandes momentos da História de Israel é revelador de que estes próximos sinais a observar em 2014 e 2015 poderão estar a anunciar aos "sábios" aquilo que está para acontecer em breve a este mundo: a vinda do Messias em poder e glória e a implantação do Seu Reino literal na Cidade santa de Jerusalém, novamente o centro do mundo!

Shalom, Israel!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

COMO SODOMA E GOMORRA!!!!!!!!!!

A agenda em curso! Sexualização nas escolas: você quer isso para seus filhos?

Uma agenda terrivelmente imoral está em curso no Brasil, e pretende destruir a família tradicional...

É isso que você quer para seus filhos?

Mas o Governo Comunista de Dilma assim deseja e impõe!

Confira as cartilhas que o MEC já está distribuindo à algumas escolas do país.
A seguir o conteúdo de uma das 2 cartilhas apresentadas...


Canto inferior esquerdo: os pais como tolos, assustados, inseguros.
A professora na imagem principal como a pessoa certa
para responder as questões e ensinar sobre sexo.


A identidade sexual como algo a ser construído.
"Não é beeeem assim essa coisa de ser menino e ser menina."
Pais idiotas e indiferentes.
Subversão total da autoridade: os pais na cadeira dos réus,
as crianças julgando e a professora dando a sentença.
Sério: quem, tendo vivido uma infância sem abusos e superexposições,

é capaz de colocar-se tais questões aos 10 anos de idade?!
Riscando o fósforo.
Descrição detalhada.

A exposição precoce das crianças a tais conteúdos nada mais é do que o outro lado da moeda que defende a descriminalização e legalização da pedofilia. Ou seja, pretende-se forçar um despertamento sexual cada vez mais cedo para que, quando a pauta pedófila prevalecer, as crianças já não tenham mais a menor chance de proteção e defesa: nem da lei, nem da cultura, nem dos pais, nem mesmo dos seus próprios sentimentos de estranhamento e rejeição, pois já terão sido expostas a um conteúdo com o qual não possuem condições psíquicas de lidar e diante do qual não conseguem resistir.

Meu recado aos pais que têm filhos na escola: fiquem de olho! E demonstrem aos professores e coordenação que estão de olho! Conversem com os outros pais, troquem informações, convivam, tomem iniciativas juntos. Peçam as listas de livros que serão adotados no ano seguinte, pesquisem antes, intervenham, façam outras propostas quando as que a escola oferecer não forem boas. Enfim, não deixem a coisa correr à revelia! Cheguem junto! E se a coisa piorar e não houver chance de mudança da situação, exijam que as crianças sejam dispensadas da aula. E se nada disso resolver, o homeschooling está aí para isso.
 
COMENTÁRIO:
 
ONDE É QUE VAMOS PARAR DESTE JEITO??? SÓ MESMO DEUS PARA POR UM FIM NISSO!!!!!!!!!!!!!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

BATISMO


O RETORNO

OLÁ IRMÃOS O TÍTULO ACIMA ATÉ PARECE DE UM FILME MAS NÃO É, DEPOIS DE UM TEMPO AFASTADO SEM POSTAR NOVAS MATÉRIAS ESTOU DE VOLTA PELA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.

A PAZ DE CRISTO ESTEJA COM TODOS.

ORANDO POR NECESSIDADES BÁSICAS E DIÁRIAS.


                

Mateus 6:5-15

5  E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. 6  Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. 7  E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. 8  Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes. 9  Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10  Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; 11  O pão nosso de cada dia nos dá hoje; 12  E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; 13  E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém. 14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; 15  Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.
Então, vamos começar o ano com um sermão sobre a oração. O que Deus tem me ensinando sobre a oração nesta guerra espiritual, e como ela poderia fazer uma diferença em sua vida? Eu escolho concentrar-me em oração, porque ela tem estado comigo durante minha licença do ministério, tanto como um grito constante a Deus por sua ajuda, como um foco recorrente de reflexão e pensamento. Orei muito, e eu pensei muito sobre oração.
Eu amo as orações da Bíblia. Eles moldam minhas orações mais do qualquer outra coisa. Eu amo as orações de Paulo em Filipenses 1:9-11, e Efésios 1:16-21 e 3:14-19 e Colossenses 1:9-12. Eu amo a oração de Jesus em João 17. E eu amo de todo o livro dos Salmos, que é o livro de orações da bíblia – cheio com essa gama de emoções que o grito do nosso coração em quase qualquer experiência pode encontrar palavras nos Salmos.
A oração do Senhor: simples e espetacular
Mas a oração na Bíblia que mais me prendeu durante esta licença é oração do Pai Nosso em Mateus 6:9-13. Isto provavelmente porque, pela providência de Deus, eu estava decorando o Sermão da Montanha, com muitos de vocês. Assim semana após semana eu estava revendo Mateus 6 em minha mente, e assim dizendo a Oração do Senhor mais e mais. Como eu pensei sobre ela e orou com base nela, isso teve um efeito sobre o quadro geral da minha vida, e isso teve um efeito sobre o âmago das lutas diárias em minha vida. Eu espero que ela tenha um efeito similar sobre você enquanto você orar com base nela.
A oração do Senhor é muito fiel à vida neste sentido. A vida é um combinação de coisas espetaculares e coisas simples. Na vida de quase todos há coisas deslumbrantes e coisas chatas, coisas fantásticas e coisas familiares, coisas extraordinárias e coisas comuns. Essa é a vida.
A oração do Senhor em duas partes
Esse é o caminho da oração do Senhor: quase todo mundo nota que ela tem duas partes. A primeira parte (vers. 90-10) tem três petições, e a segunda parte (vers. 11-13) possui três petições. 

1. As três primeiras petições são: 
‘Santificado seja o teu nome Venha o teu reino Vossa vontade seja feita na terra como no céu.’
Estamos pedindo a Deus para trazer estas três coisas: fazer com que seu nome santificado; fazer com que seu reino venha; fazer com que a sua vontade seja feita tanto no céu como na terra.
    
2. As outras três petições são:
‘Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia, Perdoai-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.’
Você pode ver a diferença e sentir a diferença entre esses duas metades. As três primeiras petições são sobre o nome de Deus, o reino de Deus, a vontade de Deus. Os três últimos são da nossa comida, nosso perdão, nossa santidade. As três primeiras chamam a nossa atenção para a grandeza de Deus. E as três últimas chamam atenção para as nossas necessidades. As duas metades têm um impacto muito sensação diferente.
Em outras palavras, há uma correspondência entre o conteúdo da presente oração e do conteúdo de nossas vidas. O grande e o pequeno. O glorioso e o comum. O majestoso e o mundano. O sublime e os humildes. E essa é a forma como esta oração liga a eternidade e a vida ordinária.
Oração para a Eternidade 
Versículo 9: Pai, faça com que o seu nome grande e santo seja honrado e reverenciado e estimado e valorizado acima de tudo, em todo o mundo (incluindo o meu coração).
Versículo 10: E faça com que seu glorioso, soberano, majestoso reino venha dominar sem obstrução em todo o mundo (incluindo o meu coração).
Versículo 10: E faça com que a sua sábia, boa, justa e santa vontade seja ser feita por todo este mundo da mesmas maneira que os anjos fazem perfeitamente e alegremente no céu (faça acontecer também em mim).
Essa é a parte de tirar o fôlego da oração. E quando nós oramos nós estamos envolvidos em grandes coisas, coisas gloriosas, coisas global, coisas eternas. Deus quer que isso aconteça. Ele quer que sua vida seja ampliada, enobrecida e enriquecida como essa oração.
Oração para o Diário 
 
Mas, então, nós oramos:
Versículo 11: Pai, eu não estou pedindo a graça de riquezas. Eu estou pedindo o pão. Apenas o suficiente para me dar vida. Eu quero viver. Eu quero ser saudável, e ter um corpo e uma mente que funcionam. Você me dá o que eu preciso para o meu corpo e mente?
Versículo 12: E, Pai, eu sou um pecador e preciso ser perdoado todos os dias. Eu não posso viver e prosperar com a culpa. Eu vou morrer se tiver que suportar minha culpa todos os dias. Não quero guardar rancor. Eu sei que não mereço perdão, e por isso não tenho o direito de guardar rancor contra ninguém. Eu deixo de todas as ofensas feitas contra mim. Por favor, tenham piedade de mim e me perdoe e me deixe viver na liberdade do seu amor. E, claro, sabemos agora que quando oramos por perdão, esperamos receber não apenas porque Deus é nosso Pai, mas porque o Pai entregou o Seu Filho para morrer em nosso lugar.
Versículo 13: E Pai, eu não quero continuar pecando. Eu sou grato pelo perdão, mas Pai, eu não quero pecar. Por favor, não me leva as complicações da tentação irresistível. Livra-me do mal. Guarda-me de Satanás e de todas as suas obras e todos os seus caminhos. Conceda-me andar em santidade.
Essa é a parte da terrena da oração. A mundana, diária luta da vida cristã. Precisamos de comida, perdão e proteção contra o mal.

Autor: Piper do site www.hermeneuticaparticular.com/ em 20/11/2013

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

MENSAGEM PROFÉTICA???

Como o Diabo destrói uma nação?


                                                             Como o Diabo destrói uma nação?  
Artigo escrito há 50 anos traz mensagem profética

O canal de TV Fox News retomou nesta semana um famoso texto escrito em 1964 pelo jornalista Paul Harvey, falecido em 2009.
O material exposto foi escrito após o assassinato do presidente John Kennedy, quando se iniciava a Guerra do Vietnã e quando as drogas se tornaram populares entre os hippies.
Em votação no site da emissora, as pessoas disseram que essas palavras eram praticamente uma profecia, pois tudo que foi dito quase 50 anos atrás está se cumprindo a cada dia. Alguns políticos conservadores também usaram o texto para atacar o governo de Obama.
Leia na íntegra:
Se eu fosse o Príncipe das Trevas, tentaria envolver o mundo inteiro nas trevas. Eu gostaria de ter um terço do mercado imobiliário e quatro quintos da população, mas não ficaria feliz até dominar a maçã mais madura da árvore. Com isso quero dizer, que seria necessário, tomar conta dos Estados Unidos.
Em primeiro lugar, subverteria as igrejas. Começaria uma campanha de sussurros. Com a sabedoria de uma serpente, sussurraria para você, como sussurrei para Eva: “Faça tudo que você quiser.”
Para os jovens, gostaria de sussurrar que “A Bíblia é um mito”. Eu iria convencê-los de que o homem criou Deus e não o contrário. Eu diria a eles, em segredo, que o que é ruim é bom, e o que é bom está “fora de moda”. Aos idosos, eu iria ensiná-los a orar: ‘Pai nosso, que estás em Washington …”
Depois, eu me organizaria. Ensinaria os escritores a fazer literatura sensacionalista emocionante, de maneira que qualquer outra coisa parecesse chata e desinteressante. Eu encheria a TV de filmes cheios de sexo. Forneceria drogas para todos. Eu venderia álcool para senhores e senhoras da sociedade. Tranquilizaria o restante com comprimidos.
Se eu fosse o diabo, colocaria as famílias em guerra com elas mesmas; as igrejas em guerra com elas mesmas, e as nações em guerra, até que cada uma delas fosse consumida.
Prometeria à imprensa o maior índice de audiência, forçando-as a se destruírem mutualmente. Se eu fosse o diabo, iria encorajar às escolas a refinar o intelecto dos jovens, mas negligenciar a disciplina: “Deixem eles correrem soltos”. Antes que pudessem se dar conta, seria preciso cães farejadores de drogas e detectores de metal em cada entrada de escola. Dentro de uma década, teria presídios superlotados.
Com promessas de reconhecimento e poder, faria os juízes defenderem a pornografia e ficarem contra Deus. Em pouco tempo, colocaria ateus para me representar diante da suprema corte e os pregadores iriam concordar. Assim, conseguiria expulsar Deus do tribunal, depois da escola, e, por fim, do Congresso e do Senado. Nas igrejas, substituiria a religião por psicologia e endeusaria a ciência. Incentivaria padres e pastores a abusarem de meninos e meninas e ficarem ricos com o dinheiro das igrejas.
Se eu fosse o diabo, faria que o símbolo da Páscoa fosse apenas um ovo e o símbolo do Natal, uma garrafa de bebida.
Se eu fosse o diabo, tiraria daqueles que têm e daria àqueles que desejam ter até conseguir matar o incentivo de suas ambições. Quer apostar que eu faria com que todos os Estados promovessem o jogo como uma forma de ficar rico? Alertaria a todos contra os extremos no trabalho duro, no patriotismo e na conduta moral. Convenceria os jovens que o casamento é uma coisa defasada, que só ficar é bem mais divertido e o que a TV mostra é a maneira certa de viver. Assim, eu poderia despir as pessoas em público, e incentivá-los a transar com pessoas que tenham doenças incuráveis.  
Em outras palavras, se eu fosse o diabo, continuaria fazendo o que ele já está fazendo.


COMENTÁRIO:
 
 E NÃO É O QUE ESTÁ ACONTECENDO HOJE EM DIA???? SIMPLESMENTE PERFEITA A PERCEPÇÃO DO JORNALISTA NUNCA ESTEVE TÃO ATUAL.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

PIOR DO QUE SODOMA E GOMORRA!!!!!!!!!!!!!

Leis gays abrem caminho para “direitos” dos pedófilos.


Psicólogo afirma que pessoas que sentem atração por menores são tão normais quanto heterossexuais
Enquanto os legisladores e outras autoridades do governo promovem leis favoráveis aos gays, eles estão involuntariamente preparando o terreno para proteções especiais aos pedófilos, incluindo o direito de trabalhar com crianças, alertam os defensores da família.
Linda Harvey, da organização Mission America, afirma que a pressão por igualdade de direitos para pedófilos irá se tornar mais comum à medida que os grupos LGBT se reafirmam.
“É tudo parte de um plano para introduzir as crianças à vida sexual cada vez mais cedo e convencê-las de que uma simples amizade é na verdade uma atração sexual”, explica.
Em 1973, Associação Americana de Psiquiatria (APA, na sigla em inglês) retirou o homossexualismo de sua lista de desordens mentais após forte lobby de grupos de direitos homossexuais.
Na época em que isso aconteceu, os críticos alertaram que isso iria mais tarde levar à aceitação de outros tipos de desvios sexuais, incluindo a pedofilia. Os defensores do estilo de vida gay rechaçaram a comparação, insistindo que algo do tipo nunca aconteceria.
No entanto, parece que os críticos acertaram na mosca.
Em 2003, um grupo de profissionais de saúde mental formou a organização B4U-ACT para iniciar uma lenta, porém inexorável pressão para redefinir a pedofilia como uma orientação sexual da mesma maneira que o homossexualismo foi na década de 70.
A organização chama os pedófilos de “pessoas que sentem atração por menores”, e o site da organização declara que sua missão é “ajudar profissionais de saúde mental a aprender mais sobre a atração por menores e considerar os efeitos dos estereótipos, do estigma e do medo”.
O B4U-ACT mais tarde organizou uma conferência onde uma nova definição de pedofilia foi proposta para o Manual Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais da APA.
Em 2010, dois psicólogos no Canadá ganharam destaque nacional ao declararem que a pedofilia é uma orientação sexual da mesma forma que o homossexualismo o é.
Van Gijseghem, psicólogo e professor aposentado da Universidade de Montreal, disse aos membros do Parlamento: “Pedófilos não são simplesmente pessoas que cometem uma contravenção de tempos em tempos, mas são pessoas que lutam com o que equivale a uma orientação sexual, assim como outro indivíduo pode estar lutando com o heterossexualismo ou mesmo com o homossexualismo”.
E continuou dizendo: “Os verdadeiros pedófilos possuem uma preferência exclusiva por crianças, o que é o mesmo que ter uma orientação sexual. Você não pode mudar a orientação sexual de uma pessoa. Ela pode, no entanto, manter a abstinência”.
Ao ser perguntado se ele deveria comparar pedófilos a homossexuais, Van Gijseghem responde: “Se, por exemplo, você estivesse vivendo em uma sociedade onde o heterossexualismo fosse condenado e proibido, e dissessem a você que você teria que fazer terapia para mudar sua orientação sexual, você provavelmente diria que isso é meio maluco. Em outras palavras, você não aceitaria isso de forma alguma. Eu utilizo essa analogia para dizer que, sim, de fato, pedófilos não mudam sua orientação sexual”.
O dr. Vernom Quinsey, professor emérito de psicologia da Universidade de Queen em Kingston, na província canadense de Ontario, concorda com Van Gijseghem, afirmando que o interesse sexual dos pedófilos faz com que eles prefiram crianças, e que “não há provas de que esse tipo de preferência possa ser mudado por meio de tratamento ou por quaisquer outros meios”.
Em julho de 2010, a revista Harvard Health Publications declarou: “A pedofilia é uma orientação sexual pouco provável de ser alterada. O tratamento busca permitir que a pessoa resista aos seus anseios sexuais”.
Se a APA declarar a pedofilia como uma orientação sexual em pé de igualdade com o homossexualismo, isso geraria enormes ramificações para as leis antidiscriminação existentes.
O processo comum para os ativistas homossexuais foi acrescentar “orientação sexual” a uma lista de fatores de não-discriminação nas cidades e estados.
No entanto, tais preferências não são direcionadas especificamente ao homossexualismo, e poderiam ser interpretadas para proteger uma série de outras pessoas com “orientações”, como bissexuais e transgêneros.
Defensores do estilo de vida LGBT negam veementemente a correção, insistindo que as leis que tratam da idade de consentimento irão evitar que os pedófilos demandem os mesmos direitos que os homossexuais em questões de trabalho, moradia e outras áreas.
À primeira vista, a alegação parece fazer sentido. No entanto, o problema é que os psicólogos fazem uma clara distinção entre pedófilos e molestadores de crianças.
O dr. Gregory Herek, membro da APA e da Associação pela Ciência Psicológica e ganhador de um prêmio da APA por contribuições notáveis à psicologia, defendeu a questão em um artigo intitulado “Fatos Sobre o Homossexualismo e o Abuso Infantil (Facts About Homosexuality and Child Molestation).
Herek afirma que o problema é que a pessoa comum não entende a terminologia correta, que segundo ele é “confusa” e “enganadora” com relação aos pedófilos.
“Pedofilia e abuso sexual de crianças são utilizados de maneiras diferentes, até pelos profissionais”, declara Herek. “Pedofilia costuma se referir a uma desordem psicológica adulta caracterizada por uma preferência por crianças pré-púberes como parceiros sexuais; essa preferência pode ou não ser tratada”.
Por outro lado, segundo ele, o abuso sexual de crianças se refere a ações tomadas por um criminoso.
Baseado nessa definição, um pedófilo não violou nenhuma lei, uma vez que não está de fato envolvido em práticas sexuais com crianças. Os analistas dizem que nenhuma lei está sendo quebrada se a pedofilia for declarada como uma orientação sexual, pois se encaixaria na definição de orientação sexual em todos os estatutos legais apropriados.
Isso poderia se mostrar especialmente problemático para empregadores que contratam pessoas para trabalhar com crianças, como creches e escolas. Se um pedófilo se candidatar ao emprego, enquanto ele puder alegar que nunca esteve envolvido com o abuso sexual de crianças, poderá abrir um processo por discriminação caso seja rejeitado com base em sua “orientação sexual”.
Harvey explica que embora haja leis que tratam da idade de consentimento que proíbem adultos de manter relações com crianças, existe uma pressão para mudar isso.
“Há defensores da liberdade sexual que vêm tentando reduzir a idade de consentimento já há algum tempo”, afirma Harvey. “Uma das coisas que vejo acontecendo é que eles trabalham ativamente para libertar e dar autonomia aos jovens para serem eles mesmos. Eles estão tentando acabar com o estigma do sexo entre crianças mais velhas e mais novas”.
“Por exemplo, eles insistirão com base em leis anti-bullying que não há nada de errado com o fato de um jovem de 16 anos ter relações sexuais com um de 11 anos. Uma vez que se supere a barreira e estabeleça que isso é uma orientação sexual porque é algo que as pessoas fazem, torna-se lógico dar o salto para a pedofilia”.
Ela assinala que o processo sendo utilizado com os profissionais de saúde mental, como o B4U-ACT, é o mesmo que aconteceu na década de 70.
“A definição feita pelos psicólogos entre pedofilia e abuso sexual de crianças é muito importante. Eles querem primeiro estabelecer a ideia de uma identidade de pessoas que sentem atração por menores”, explica. “O próximo passo é usar a golpe da vitimização, alegando que há pessoas que têm ódio deles e que criticá-los é uma atitude de ódio, pois é uma orientação e não pode ser evitada”.
Eles argumentam que, se eles nunca se deixarem levar pelos seus impulsos sexuais por crianças, então qual é o problema? O senso comum nos diz que, se eles têm esses sentimentos, irão agir com base neles. Não é algo inato, da mesma forma que não existe base biológica para o homossexualismo. No entanto, o lobby militante em prol dos pedófilos irá defender seus direitos de ter uma orientação, e é nesse ponto que eles irão tocar primeiro. Eles não vão imediatamente argumentar em cima do comportamento, pois sabem que as pessoas não irão se deixar levar por isso; eles vão bater na questão de desejar o que se quer desejar, pois não se sabe de onde o desejo vem”.
Há também quem defenda a legalização da pornografia infantil, sustentando que ela evita que os pedófilos se tornem molestadores de crianças.
Milton Diamond, professor da Universidade do Havaí e diretor do Pacific Center for Sex and Society, declarou certa vez que a pornografia infantil poderia ser benéfica para a sociedade porque “criminosos sexuais em potencial utilizam a pornografia infantil como um substituto para o sexo com crianças”.
Diamond é um célebre palestrante para o Instituto para Estudos Avançados da Sexualidade Humana (IASHS) em São Francisco. O instituto defendeu abertamente a revogação do banimento de homossexuais nas forças armadas, que existe desde a época da revolução americana.
Em seu website, o IASHS lista os “direitos sexuais básicos”, dentre os quais estão “o direito de se envolver em práticas sexuais de todo e qualquer tipo, desde que não envolva atos não consensuais, violência, coação, coerção ou fraude”.
Outros direitos são os de “ser livre de perseguição, condenação, discriminação ou intervenção social de comportamento sexual particular” e “a liberdade de ter quaisquer pensamentos, fantasias ou desejos sexuais”. A organização também declara que ninguém deve ser “desfavorecido em função da idade”.
O que deveria ser ainda mais alarmante para os pais é que a APA minimizou a importância de todos os problemas mentais que uma criança possa experimentar como resultado de abuso sexual por adultos.
Em 1998, a APA emitiu um relatório argumentando “que o ‘potencial negativo’ do sexo entre adultos e crianças foi ‘exagerado’ e que ‘a grande maioria de homens e mulheres não relataram efeitos sexuais negativos de suas experiências de abuso sexual’”.
O WND noticiou que as leis em estados como Califórnia e Nova Jersey que barraram a chamada “terapia de conversão homossexual” poderiam na verdade evitar que profissionais de saúde mental ofereçam tratamento a pedófilos.
O advogado Mat Staver, presidente do Liberty Counsel, que entrou com um processo contra a lei da Califórnia, afirma que, na linguagem do projeto de lei, um psicólogo poderia sofrer sanções se tentasse fazer com que um pedófilo mudasse seu comportamento, ou se falasse negativamente sobre ele.
“Se alguém dissesse que sua orientação sexual é por crianças e um profissional de saúde mental devidamente autorizado realizasse um tratamento contra essas tendências em vez de afirmar o comportamento, isso seria um problema e poderia resultar em uma violação do código de ética pelo profissional”, explica Staver. “Esse é uma questão que está se camuflando nesse estatuto”.
“Essa linguagem é tão ampla e vaga que poderia incluir todas as formas de orientação sexual, incluindo a pedofilia”, afirma Brad Dacus, presidente do Pacific Justice Institute. “Não é apenas a orientação que é protegida, a conduta associada à ela também é”.
Muitos podem não perceber que o governo federal já garantiu proteção aos pedófilos.
A Lei Matthew Shephard e James Byrd Jr. de Prevenção Contra Crimes de Ódio (Matthew Shephard and James Byrd Jr. Hate Crimes Prevention Act) lista a “orientação sexual” como uma categoria protegida, mas não define o termo.
Os republicanos tentaram acrescentar uma emenda especificando que “a pedofilia não está abrangida como uma orientação”. No entanto, a emenda foi derrubada pelos democratas no Congresso pouco depois que Obama assumiu o mandato.
O Deputado Alcee Hastings, democrata do estado da Flórida, declarou que todos os estilos de vida alternativos devem ser protegidos pela lei.
“O projeto de lei atende à nossa resolução de acabar com a violência baseada no preconceito e garante que todos os americanos, independente de raça, cor, religião, origem, gênero, orientação sexual, identidade de gênero, deficiência ou todas essas ‘filias’, fetiches ou ‘ismos’ que foram propostos possa viver sem medo do que são. Peço aos meus colegas que votem a favor dessa lei”.


COMENTÁRIO:

DEPOIS QUANDO O MUNDO RECEBE O CASTIGO MERECIDO POR SEUS PECADOS O POVO APARECE PERGUNTANDO ONDE ESTÁ DEUS.

 E primeiramente pagarei em dobro a sua maldade e o seu pecado, porque profanaram a minha terra com os cadáveres das suas coisas detestáveis, e das suas abominações encheram a minha herança. Jeremias 16:18

A obra do justo conduz à vida, o fruto do perverso, ao pecado. Provérbios 10:16 
 
 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23
 
 Os quais, conhecendo o juízo de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem. Romanos 1:32

DEUS ADVERTE QUE NÃO SÓ OS QUE PRATICAM TAIS COISAS, MAS TAMBÉM AQUELES QUE APOIAM SERÃO CONSIDERADOS CULPADOS. POR ISSO IRMÃOS DEVEMOS ESTAR ATENTOS.


terça-feira, 15 de outubro de 2013

O DESGOVERNO MUNDIAL!!!!!!!!!!!!!!!!





DEFINIÇÃO PERFEITA!!!!!!!!!!!!!!!!!!